Os bebês precisam ser batizados?

Jesus ensinou que o batismo é necessário para entrar no reino de Deus. Embora muitas igrejas cristãs concordem que o batismo é importante e necessário, o que elas ensinam sobre o batismo varia muito. Então, como o batismo deve ser realizado? E quantos anos uma pessoa deve ter quando for batizada?

Um recém-nascido adormecido envolto em um cobertor

O que Jesus ensinou sobre o batismo?

O batismo é um mandamento

O Salvador ensinou claramente que o batismo é um mandamento e que é necessário para “entrar no reino de Deus” (João 3:5). O batismo é realizado “para remissão dos pecados” para aqueles que se arrependem (ver Marcos 1:4). Embora Jesus tenha vivido uma vida perfeita e sem pecados, Ele também foi batizado para “cumprir toda a justiça” (Mateus 3:15). Ao ser batizado, Jesus demonstrou a todos os filhos de Deus que “[seria] obediente [ao Pai] na observância de seus mandamentos” (2 Néfi 31:7). Todas as pessoas que decidem seguir a Jesus devem obedecer igualmente ao mandamento de Deus de serem batizadas.

O batismo precisa ser realizado por alguém que possua a devida autoridade

Como profeta de Deus, João Batista foi ordenado ao sacerdócio e tinha autoridade para realizar o batismo de Jesus. As pessoas vinham de “toda a província adjacente ao Jordão” para serem batizadas por ele (ver Mateus 3:5–6). Como João Batista tinha a devida autoridade para fazê-lo, Jesus foi especificamente até ele para ser batizado. Da mesma forma, os batismos de hoje devem ser realizados por alguém que possua a devida autoridade de Deus.

O batismo requer arrependimento

João Batista chamou as pessoas para primeiro “[produzir] (…) frutos dignos de arrependimento” para que pudessem ser dignas de ser batizadas (Mateus 3:8). O próprio Jesus também falava com frequência sobre a necessidade do arrependimento, inclusive depois de Sua Ressurreição, quando ensinou as pessoas na América antiga. “E novamente vos digo que vos deveis arrepender e ser batizados (…) ou não podereis, de modo algum, herdar o reino de Deus” (3 Néfi 11:38).

O batismo deve ser realizado por imersão

Hoje em dia, algumas religiões realizam batismos por aspersão de água. No entanto, aprendemos com o exemplo de Jesus que o batismo deve ser feito por imersão. Quando Jesus foi batizado, Mateus registra que Ele “saiu logo da água” (Mateus 3:16). Essa imersão completa na água simboliza renascimento, à medida que uma pessoa é imersa na água e se levanta, limpa e comprometida a seguir a Jesus Cristo e Seu evangelho. Na verdade, a própria palavra batismo vem do grego baptizo que significa “mergulhar ou imergir”.

Um menino é batizado em uma pia batismal na igreja

O que Jesus ensinou sobre as criancinhas?

Jesus ama as criancinhas

Em várias ocasiões, Jesus chamou as criancinhas para abençoá-las. Em certa ocasião, Cristo até repreendeu Seus discípulos por manterem as crianças longe Dele, dizendo: “Deixai vir os pequeninos a mim, e não os impeçais” (Marcos 10:14).

As criancinhas são puras e santas

Jesus ensinou que as crianças são puras e inocentes, e que os adultos devem tentar ser mais semelhantes a elas “porque dos tais é o reino dos céus” (Mateus 19:14). Jesus também disse: “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18:3).

O que as escrituras ensinam sobre batizar bebês e crianças pequenas?

As criancinhas não têm pecado perante Deus

No Novo Testamento, Jesus ensinou claramente que as criancinhas são inerentemente boas e puras. O Livro de Mórmon declara ainda: “As criancinhas são sãs, por serem incapazes de cometer pecado” (Morôni 8:8).

Jesus também disse: “Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento” (Marcos 2:17). Então, se as criancinhas não são capazes de pecar, elas precisam ser batizadas?

O batismo é para os pecadores

O batismo é para aqueles que pecam e precisam se arrepender. No Livro de Mórmon, aprendemos que a doutrina de Cristo é “arrependimento e batismo aos que são responsáveis e capazes de cometer pecados” (Morôni 8:10). Como as criancinhas não são responsáveis ou capazes de cometer atos pecaminosos, elas não precisam do batismo.

Em nossos dias, o Senhor revelou que “seus filhos serão batizados para a remissão de seus pecados quando tiverem oito anos de idade” (Doutrina e Convênios 68:27). Nessa idade, as crianças começam a ser responsáveis por escolher entre o certo e o errado.

As promessas do batismo

VOCÊ PROMETE: Servir ao próximo

“Carregar os fardos uns dos outros, para que fiquem leves” (Mosias 18:8).

VOCÊ PROMETE: Demonstrar amor e compaixão

“Chorar com os que choram; sim, e consolar os que necessitam de consolo” (Mosias 18:9).

DEUS PROMETE: Dar a você o Espírito Santo

“Ele possa derramar seu Espírito com mais abundância sobre vós” (Mosias 18:10).

VOCÊ PROMETE: Ser um bom exemplo

“Servir de testemunhas de Deus em todos os momentos e em todas as coisas e em todos os lugares” (Mosias 18:9).

VOCÊ PROMETE: Guardar os mandamentos de Deus

“Servi-lo e guardar seus mandamentos” (Mosias 18:10).

DEUS PROMETE: A oportunidade de receber a vida eterna

“Para que sejais redimidos por Deus e contados com os da primeira ressurreição, para que tenhais a vida eterna” (Mosias 18:9).

A queda de Adão não torna as criancinhas culpadas de pecado ao nascer

Muitas religiões cristãs acreditam que toda criança é pecadora ao nascer devido à queda de Adão. Contudo, Deus considera as pessoas responsáveis apenas pelo pecado pessoal e não pela transgressão de Adão (ver Regras de Fé 1:2). Como as criancinhas não têm pecado perante Deus, elas não têm motivo para se arrependerem ou serem batizadas.

As criancinhas são salvas por meio da Expiação de Jesus Cristo

As escrituras ensinam: “As criancinhas, porém, estão vivas em Cristo desde a fundação do mundo” (Morôni 8:12). Deus é misericordioso, amoroso e bondoso. Ele deseja que todos os Seus filhos retornem à Sua presença para viver com Ele. Ele não seria o Deus amoroso e justo que é se negasse salvação para as crianças por não serem batizadas.

Mãos entrelaçadas em um exemplar aberto do Livro de Mórmon
Saiba o que o Livro de Mórmon ensina sobre o batismo
Receba um exemplar gratuito

Saiba mais sobre outras formas de se tornar semelhante a Jesus